icone-charoles-brasil

O SABOR QUE TEM MARCA

Muito antiga e originária da França, a raça foi originalmente utilizada para triplo propósito: tração, carne e leite. Daí vem sua resistência e adaptabilidade às mais diversas condições de criação. Nos últimos séculos sua seleção se direcionou à produção de carne. Hoje, o Charolês encontra-se disseminado em todos os continentes, fazendo parte e incrementando a produção da proteína vermelha nos mais diversos projetos espalhados mundo afora.

As principais características da raça são a pelagem branca ou creme, porte volumoso com grande massa muscular, ganho de peso extremamente alto, alta consistência genética e, por isso, muito indicada para cruzamentos com as mais diversas linhagens bovinas, sejam britânicas, continentais ou zebuínas. Sua produção é muito uniforme e padroniza os lotes por ocasião da desmama. Com facilidade consegue-se desmamar bezerros com 280/300 Kg aos 8 meses de idade e, abate igualmente fácil aos 18/20 meses com 250/300 Kg de carcaça.

Quanto a sua carne, essa é extremamente saborosa e macia. Apresenta uma adequada cobertura de gordura lhe garante o sabor e, ao mesmo tempo, sem excessos que significam desperdício. Devido às suas carcaças volumosas, os cortes normalmente são maiores e proporcionam mais rendimento. Todos os países que utilizam o Charolês, o fazem para produzir volume e carne de qualidade com sabor inconfundível. Nos EUA, na Europa, nas Américas e nos países Asiáticos a raça está entre as preferidas, sendo destaque em projetos de produção de carne vermelha.

frigorifico-verdi-carnes-pouso-redondo-sc-mix-carnes
frigorifico-verdi-carnes-pouso-redondo-sc-icone-talher

VOCÊ SABE DE ONDE VÊM A SUA CARNE?